Indicações do Chá

Chá de:
 
Alecrim

- Indicado para stress físico e mental, depressão, gota, reumatismo, facilita a digestão.

Alfazema

- Indicado para insónias, excitação nervosa, alivia nevralgias (dores de cabeça), tosse, asma, bronquite.

Arnica

- Analgésica e anti-inflamatória em casos de traumatismos, luxações, entorses, hematomas, distensões musculares e ainda como anticéptica em afecções bucais e furúnculos.

Boldo

- Tónico do aparelho digestivo, aumenta a produção da bílis eliminando gases, cálculos na vesícula e no combate das afecções do fígado e baço.

Camomila

- Auxilia a digestão aliviando cólicas abdominais, náuseas, diarreia. Indicado como calmante para insónia e nervosismo.

Carqueja

- Acção benéfica sobre o fígado e intestino aliviando azia, má digestão, gastrite, prisão de ventre, etc.

Cofrey

- Acção terapêutica nas afecções sobre o aparelho respiratório como amigdalite, laringite, faringite e cicatrizante de fissuras, feridas e abcessos, eczemas, podendo ser usado com cautela em processos internos como úlceras gástricas e duodenais.

Erva Doce

- Alivia cólicas menstruais, de recém-nascidos e abdominais, também auxilia a má digestão.

Eucalipto

- Trata inflamações das vias respiratórias como tosse, rouquidão, bronquite, asma e alivia estados catarrais.

Hortelã

- Atenua azia, gases e cólicas. Vermífuga (lombriga e oxiurus). Alivia asma e bronquite.

Jasmim

- Tónico, indicado contra sonolência e combate acessos de asma. Excelente diurético.

Maçã

- Sedativo, digestivo, anti-diarréica e também indicada nos casos de colite.

Malva

- Afecções das vias respiratórias como bronquite, tosses catarrais, laringite e nos processos inflamatórios de boca e garganta, através de bochechos e gargarejos. Anticéptico de vias digestivas e urinárias.

Maracujá

- Dores de cabeça de origem nervosa, ansiedade, insónia, palpitações, perturbações nervosas da menopausa e dores espasmódicas.

Melissa

- Sedativa em distúrbio de origem nervosa, perturbações gástricas como indigestão, enjoos e espasmos. Alivia dores de cabeça.

Menta

- Indicado para má digestão, gases e cólicas.

Poejo

- Anti-inflamatório, acção expectorante no processos respiratórios como tosses catarrais, anti-espamódico e ainda depurativo.

Salvia

- Estimulante estomacal, usado nas atonias digestivas, náuseas, dispepsias, alivia cólicas estomacais, intestinais e menstruais. Indicada nos casos febris com sudorese intensa. Acção anticéptica na higiene bucal e em afecções da pele de origem micótica e feridas.

Stévia

- Adoçante usado nas dietas de emagrecimento, na alimentação infantil e por não interferir na glicemia pode ser usado por diabéticos.

Flor de sabugueiro
 
- serve para combater as bronquites, as queimaduras, o reumatismo, as hemorróidas ou mesmo as infecções dos olhos ou da pele.
 
Poejo
 
- é utilizado no caso de gripe ou de tosse.
 
Erva cidreira
 
- Para combater as indigestões, as cólicas ou as insónias pode-se beber um chá de erva cidreira ao qual se deve juntar uma casca de limão.
 
doce lima (Lúcia lima)
 
utiliza-se para a cura das dores de estômago.
 
Erva de S. Roberto
 
- pode ser utilizado no combate das inflamações intestinais e ginecológicas, hemorróidas e diabetes.
 
Pimpinela
 
- serve para aliviar as diarreias ou hemorróidas ou tratar as irregularidades da menstruação.
 
Folhas de oliveira
 
- podem ser utilizadas na preparação de chás para o tratamento de diabetes ou doenças ligadas ao coração.
 
Barbas de milho
 
- serve para combater as dores de rins ou da bexiga, o reumatismo ou a hipertensão arterial.
 
Flor da carqueja
 
- serve para tratar os diabetes ou as constipações.
 
Hipericão
 
- trata as necessidades aperitivas e digestivas(estômago).
 
Salva do mato
 
- é utilizado para os problemas estomacais como as indigestões ou as dificuldades em ingerir, serve também como fortificante.
 
Erva da prata
 
- é utilizada na preparação de chás no caso das dores abdominais.